Acidente entre carreta e carro deixa uma vítima fatal em Santa Rita do Sapucaí-MG

quarta-feira, junho 30, 2021
Na tarde desta quarta-feira, dia 30 de junho, a policia militar rodoviária de Itajubá-MG, foi acionada para atendimento de acidente de transito, no qual ocorreu uma colisão frontal com uma vítima fatal, na rodovia BR459, km131 no município de Santa Rita do Sapucaí-MG.

Foto: Polícia Militar Rodoviária
A vítima tinha 51 anos.

O condutor da carreta Scania/T113, estava indo sentido Itajubá x Pouso Alegre, quando no local do fato avistou o veículo GM Vectra, transitando no sentido oposto, na contra mão de direção e fazendo 'zig zag' na pista de rolamento. O motorista da carreta informou que tentou evitar a colisão, acionando o freio do veículo e desviando, porém não foi possível evitar a colisão.

A equipe do corpo de bombeiro retirou a vítima fatal das ferragens.

O local foi preservado, acionado a pericia técnica, que compareceu e realizou os trabalhos de praxe e liberou o local. Compareceram no local também a equipe do Corpo de Bombeiros Militar de Pouso Alegre-MG, a Guarda Civil Municipal e Defesa Civil de Santa Rita do Sapucaí, prestando o devido apoio.

O condutor da carreta foi submetido ao teste do etilômetro com resultado 0,00 mg/l, permanecendo no local do ocorrido e informando tudo o que sabia.

Polícia Militar prende homem que repassava nota falsa em Piranguinho-MG; Foi preso em Paraisópolis

quarta-feira, junho 30, 2021

Nesta quarta-feira, dia 30 de junho, durante patrulhamento preventivo na cidade de Paraisópolis-MG, a equipe Policial recebeu a informação de que um cidadão trajando camiseta cor de rosa, estaria passando notas falsas no município de Piranguinho, sendo que o suspeito estaria embarcado em um veículo tipo Ducato com placas de São Paulo, tomando rumo ignorado.

De posse das informações a polícia militar realizou rastreamento, logrando êxito em localizar o veículo, sendo este apreendido e o autor preso em flagrante delito. 

Diante o exposto foi realizada a busca pessoal do autor, sendo encontrado à quantia de R$ 8.452,00 em dinheiro escondido dentro de um de seus sapatos, com diversas notas de mesma numeração de procedência duvidosa. 

Diante dos fatos o autor recebeu voz de prisão em flagrante delito e foi encaminhado para Delegacia de Polícia Federal.

Resultados:
01 Preso;
8.452,00 R$ em moeda corrente de procedência duvidosa;
02 Celulares apreendidos.


Sobre o Crime de Moeda Falsa:



Art. 289 - Falsificar, fabricando-a ou alterando-a, moeda metálica ou papel-moeda de curso legal no país ou no estrangeiro:

Pena - reclusão, de três a doze anos, e multa.
§ 1º - Nas mesmas penas incorre quem, por conta própria ou alheia, importa ou exporta, adquire, vende, troca, cede, empresta, guarda ou introduz na circulação moeda falsa.
§ 2º - Quem, tendo recebido de boa-fé, como verdadeira, moeda falsa ou alterada, a restitui à circulação, depois de conhecer a falsidade, é punido com detenção, de seis meses a dois anos, e multa.
§ 3º - É punido com reclusão, de três a quinze anos, e multa, o funcionário público ou diretor, gerente, ou fiscal de banco de emissão que fabrica, emite ou autoriza a fabricação ou emissão:
I - de moeda com título ou peso inferior ao determinado em lei;
II - de papel-moeda em quantidade superior à autorizada.
§ 4º - Nas mesmas penas incorre quem desvia e faz circular moeda, cuja circulação não estava ainda autorizada.
Crimes assimilados ao de moeda falsa.

Entrevista com Tenente Marcelo do 17ª Cia PMMG do Meio Ambiente

quarta-feira, junho 30, 2021
Na tarde desta segunda-feira, dia 28 de junho, o Jornal o Aperitivo teve a honra de entrevistar o Tenente Marcelo Bernardes de Carvalho, da 17ª CIA PMMG do Meio Ambiente, conversando um pouco sobre o trabalho que é feito no Sul de Minas.


A família do Jornal o Aperitivo parabeniza o trabalho desempenhado por todos os policiais militares do meio ambiente, e agradece a presença dos oficiais, Tenente Marcelo, Sargento Augusto e Cabo Rezende.

Friso que o Jornal tem a honra de fazer essas entrevistas, pois é de extrema importância mostrar o trabalho que é feito por nossos militares.


Onde entra a Polícia na defesa ambiental? 

O papel da polícia é proporcionar proteção e preservação ecológica através de ações de fiscalização e controle nas áreas de mineração, poluição, queimadas, caça e pesca ilegais. Além de operar em programas na área de educação ambiental.

Os Policiais trabalham de forma integrada com o IBAMA, Secretarias Estaduais de Meio Ambiente, Universidades, ONGs e outras instituições que trabalham efetivamente de forma a fiscalizar e preservar.

Esse trabalho é primordial para que possamos cultivar o que é popularmente conhecido como o pulmão do mundo.

Resumidamente o policiamento do Meio Ambiente, tem atribuições como adoção de medidas para investigação, prevenção, repressão e apuração das infrações penais lesivas ao Meio Ambiente, como crimes contra a fauna, a pesca, a flora, o patrimônio cultural e de poluição, dentre outros.


O dia mundial do meio ambiente



Comemora-se em 5 de junho. A escolha dessa data foi feita pela Assembleia Geral das Nações Unidas em dezembro de 1972, após a realização da primeira Conferência de Estocolmo, na Suécia, que aconteceu nos dias 5 e 6 de junho daquele mesmo ano.

Como surgiu o dia do meio ambiente

Como citado no início deste artigo, o dia do meio ambiente foi uma ideia posterior à realização da Conferência de Estocolmo, na Suécia, em 1972, que debateu o tema. A United Nations Conference on the Human Environment reuniu chefes de estado para discutir o tema durante dois dias do mês de junho.

Nunca se havia reunido tantos líderes mundiais para discutir a situação do meio ambiente. Por isso, os historiadores afirmam que o a Conferência foi um marco.

Durante o encontro, foram discutidas alternativas para diminuir a poluição do mundo sem atrapalhar o desenvolvimento econômico das nações e das empresas. O desmatamento também foi alvo condenado e falou-se bastante em sustentabilidade.

Ao todo, participaram da Conferência 113 países por meio dos seus líderes e quase 500 instituições. O resultado desse evento foi a publicação da Declaração da Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano ou, em inglês originalmente, Declaration of the United Nations Conference on the Human Environment, que tornou-se pública no último dia da reunião, em 6 de junho. Conheça o seu teor no próximo tópico.

Polícia Civil apreende mercadorias na Operação 'Rei do Gato' em Monte Sião e região

by quarta-feira, junho 30, 2021
 
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deflagrou a Operação 'Rei do Gato', nesta terça-feira, 29 de junho. A equipe da Delegacia de Monte Sião apreendeu quase R$ 5 mil, além de diversos aparelhos usados na comercialização ilegal de sinais de operadoras de TV, na região de Monte Sião, no sul do Estado.

Durante as investigações, os policiais civis apuraram a prática em que o suspeito, de 41 anos, descriptografava o sinal das operadoras de TV a cabo e satélite, e os desbloqueava, revendendo o sinal de forma fraudulenta, o famoso “gato”.

A equipe da PCMG identificou diversos grupos de no aplicativo Whatsapp com centenas de membros da região, pelos quais eram realizadas vendas e manutenção de aparelhos decodificadores de sinal e aparelhos TVbox para IPTV. Todos os grupos eram administrados pelo mesmo suspeito, que foi preso em flagrante.

Durante as buscas, além do valor em dinheiro no total de R$ 4.259,00, foram apreendidos uma máquina de pagamento com cartão, dois aparelhos de localização de sinal de TV, quatro roteadores, 11 aparelhos TvBox, um notebook, dois computadores, 19 pen-drives e três aparelhos celulares. De posse da autorização judicial para apreensão e pericia dos equipamentos, foi identificado que um dos aparelhos apreendidos era o celular utilizado para administrar os grupos de conversas online. Durante a oitiva, o suspeito confirmou a prática do crime. O conduzido foi encaminhado ao Presídio de Pouso Alegre-MG.


Lázaro, o 'serial killer' do Distrito Federal morre após confronto com a Polícia

segunda-feira, junho 28, 2021
Nesta segunda-feira, dia 28 de junho, Lázaro Barbosa após trocar tiros com a polícia, foi morto ser baleado em Águas Lindas de Goiás, no exato 20º dia de uma megaoperação que contou com mais de 270 policiais.


Procurado por uma força-tarefa desde o dia 9 de junho, Lázaro foi atingido após atirar diversas vezes contra os policiais e tinha R$ 4,4 mil em dinheiro no bolso.

"Ele descarregou uma pistola, possivelmente 380, em cima do policiais", disse Rodney Miranda, secretário de segurança pública de Goiás. Ainda de acordo com o secretário, Lázaro foi socorrido com vida, mas chegou morto ao hospital. Ele tinha 32 anos.




Segundo agentes que acompanharam as buscas, Lázaro conhecia bem uma área, onde mora sua família, e tinha facilidade para se esconder na mata.

A polícia confirmou que o homem também é investigado pela morte de um caseiro em Girassol, no dia 5 de junho, quatro dias antes do assassinato de uma família em Ceilândia.

Na terça-feira, 15 de junho, Lázaro fez uma pessoa refém em Edilândia-GO, na mesma região de Cocalzinho, e trocou tiros com policiais. Um agente foi atingido, mas ficou bem após socorro médico.

"Foram tiros de raspão, dois tiros, os dois passaram de raspão no rosto. Já foi socorrido e está tranquilo", disse o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Marques, em entrevista na noite de terça-feira.

Lázaro havia sido visto em propriedades rurais na região do entorno do DF e Goiás.

Lázaro é acusado de matar, a tiros e facadas, três pessoas na zona rural de Ceilândia no último dia 9 de junho. Os mortos eram Cláudio Vidal de Oliveira, de 48 anos, e os filhos Gustavo Marques Vidal, de 21 anos, e Carlos Eduardo Marques Vidal, de 15 anos.

O foragido também é apontado como responsável pelo sequestro da mulher de Cláudio, Cleonice Marques de Andrade.

O corpo dela foi encontrado no dia 12 à beira de um córrego, próximo da casa onde a família morava.

Nascido na cidade baiana de Barra do Mendes, a 530 milhas de Salvador, Lázaro já respondeu, na cidade natal, um processo por homicídio quando tinha 20 anos.

Em 2011, já em Ceilândia, ele foi condenado por estupro e roubo com emprego de arma. Ele chegou a ser preso em 2018, em Águas Lindas de Goiás, mas fugiu do encarceramento poucos meses depois.

Polícia Ambiental apreende carnes clandestinas para vendas em Brazópolis-MG

sábado, junho 26, 2021

Nesta quinta-feira, dia 24 de junho, a Polícia Ambiental durante atendimento de denúncia anônima, relatava que o denunciado, estaria abatendo bovinos e suínos clandestinamente em Brazópolis-MG.


A polícia Militar Ambiental ainda relatou que no dia 20/11/2020 atendeu uma denúncia que relatava fato similar. A fiscalização fora procedida em conjunto com o ima e vigilância sanitária do município de Brazópolis-MG.

No local, a guarnição encontrou com o filho do denunciado, que ao ser indagado sobre o conteúdo da denúncia, declarou que realmente abatem suínos e bovinos para venderem para amigos e que poderia nos levar até sua residência, onde as carnes estariam estocadas no freezer.

De imediato a guarnição contatou o ima do município de Paraisópolis-MG, que acionou a vigilância sanitária do município de Brazópolis-MG, visto que não poderiam acompanhar eles no momento. Assim um veterinário os acompanhou à residência do denunciado. 

A esposa do denunciado acompanhou juntamente com o filho e franqueou a entrada para fiscalização na residência, perante as testemunhas qualificadas. Ela relatou que comercializam carne na região e bairro. No freezer da residência haviam várias sacolas plásticas, contendo carnes suínas e bovinas, prontas para comércio.

Diante o exposto as carnes foram apreendidas pela vigilância sanitária, onde foram pesadas em uma balança digital que constatou 120 kg de carnes bovinas e suínas (maior parte de carnes bovinas). Dentre as carnes bovinas foram contabilizados 07 corações.



As providências administrativas serão tomadas pelo ima de Paraisópolis-MG.

Polícia Ambiental faz operação em local com possível caça ilegal de animal silvestre; Delfim Moreira-MG

sábado, junho 26, 2021
Nesta última quinta-feira, dia 24 de junho, a polícia ambiental durante operação Narco, na zona rural, bairro chora, município de Delfim Moreira-MG, onde já existi uma pré denuncia de caça ilegal de animal silvestre "paca" próximo a uma cachoeira de um sítio, divisa de terras.

Após a guarnição se deslocar até uma represa antiga, entraram seguindo a margem do córrego e foi localizado duas cevas com seis espigas de milho e abacates amarrados na base de árvores pequenas, porém nenhuma armadilha foi localizada e no trilho de acesso localizaram buchas caídas ao solo, aparentando ser entorpecente.


Os matérias achados na operação foram recolhidos e encaminhados a delegacia de policia local. Referente as cevas foram inutilizadas.

Sobre a Paca:

Embora atualmente esteja em risco de extinção, a paca já foi um animal abundante do sul do México até a Argentina. A população de pacas era tão grande que foi estabelecido período de caça para controle populacional.

“Os desmatamentos, queimadas, expansão agropecuária e alterações climáticas decorrentes dessas práticas forçaram os animais a procurarem alimento nas lavouras próximas ao seu habitat. Para resolver a questão, os governos dos vários países instituíram novas temporadas de caça”, afirma Prof. Fábio Morais Hosken, professor do Curso CPT Criação Comercial de Paca.

A princípio, os caçadores deixavam os animais abatidos na floresta, que se tornavam fonte de alimento para aves de rapina e outros animais. Mas, aos poucos, os próprios guias dos caçadores, moradores locais, passaram a consumir a carne das pacas. Em pouco tempo, o alimento ganhou a mesa dos restaurantes mais requintados de todo o país, e as pacas passaram a ser abatidas também para a venda.

Resultou-se, então, em uma drástica diminuição da população de pacas em todas as regiões. Em consequência, as temporadas de caça foram proibidas e o animal passou a ser protegido por lei. Foi aí que o animal começou a ser criado em cativeiro.

A caça à paca está relacionada a dois fatores principais: a destruição das lavouras de cana-de-açúcar, mandioca e outros, e o sabor de sua carne. A destruição de seu habitat e a caça predatória e indiscriminada, porém, ameaçam a espécie de extinção.

Polícia Civil prende três suspeitos de participação em homicídio em Pouso Alegre-MG

quinta-feira, junho 24, 2021
Na tarde desta quinta-feira, dia 24 de junho, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu, três suspeitos de participação em homicídio cuja vítima foi morta com 16 tiros, em Pouso Alegre, no sul do Estado de Minas Gerais.

Foto: Polícia Civil

Após investigações da equipe da Delegacia de Homicídios, com o apoio da Delegacia Regional de Pouso Alegre, os policiais civis cumpriram os mandados de prisão, encontrando a mulher em sua residência e o suspeito no local de trabalho, no centro da cidade. Um terceiro suspeito também teve a prisão cumprida por mandado, mas já estava no presídio pelo crime de furto.
Foto: Polícia Civil

Foto: Polícia Civil

O homicídio ocorreu no dia seis de setembro do ano passado, no bairro Cidade Jardim, quando a suspeita de 29 anos combinou compromisso com a vítima de 24 anos. Logo após o encontro, outros suspeitos, de 20 e 22 anos, perseguiram e dispararam contra a vítima, que tentou se esconder na casa de um amigo.

Rodrigo Tiago Bartoli - Delegado de Homicídios


Covid-19: Pouso Alegre-MG suspende aulas em três escolas após confirmação de casos

quinta-feira, junho 24, 2021
Duas escolas e uma creche foram fechadas em Pouso Alegre-MG, após a constatação de casos da Covid-19 nessas escolas. De acordo com o Sindicato dos Profissionais do Magistério da Rede Municipal de Ensino (SIMPROMAG), até o momento 14 profissionais da educação tiveram a doença confirmada e outros aguardam resultado de teste em isolamento.


Nesta segunda-feira, dia 21 de junho, ainda conforme o SIMPROMAG, as aulas foram suspensas na creche CEIM Ismênia Vita Reis, onde dois funcionários testaram positivo para Covid-19. Antes disso, na sexta-feira, dia 18 de junho, foi fechada a Escola Santo Antônio, onde também houve casos confirmados.

Segundo o com o sindicato, a primeira unidade a ser fechada foi a Escola Municipal Professora Maria Barbosa, que teve as aulas suspensas no dia 14 de junho, após uma supervisora testar positivo para Covid-19. Além dela, outros funcionários foram testados e mais dois tiveram também o resultado positivo para a doença.

De acordo com a prefeitura todas as escolas estavam seguindo os protocolos de saúde e a retomada das aulas estava sendo monitorada pela secretaria municipal de saúde e pela secretaria municipal de educação.

A prefeitura de Pouso Alegre autorizou o retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino em maio deste ano, após publicação de decreto. A autorização só foi possível após o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) derrubar uma decisão que proibia a volta das aulas neste sistema.

Auxílio emergencial de R$ 600 será pago em Minas Gerais

quinta-feira, junho 24, 2021
O Governo de Minas Gerais sancionou a lei que institui o auxílio emergencial regional de R$ 600. O benefício será destinado às famílias em situação de extrema pobreza com renda per capita de até R$ 89.


O auxílio emergencial de Minas Gerais será pago em duas parcelas no mês de agosto. A seleção dos beneficiados será a partir dos dados presentes no Cadastro Único (CadÚnico)para Programas Sociais do Governo Federal.

O benefício tem como intuito as famílias mais carentes que estão tendo que enfrentar os impactos gerados pela pandemia. Segundo o governador do estado, Romeu Zema: 

“O auxílio é uma ajuda que vem em boa hora, para amenizar o sofrimento de milhares de mineiros”.

A estimativa do governo de MG é que o auxílio emergencial regional beneficie 1,08 milhão de famílias em situação de extrema pobreza. Apenas um membro da família poderá receber a ajuda financeira. O recurso para o pagamento das duas parcelas será retirado no programa de Recuperação Fiscal.

As empresas com débitos com o Estado receberão a ofertar de redução ou isenção dos juros. Com isso, os valores obtidos serão destinados à desoneração fiscal, financiamento de setores econômicos e pagamento do auxílio.

O Estado de Minas Gerais está oferecendo descontos de até 90% das multas e juros para as empresas que pagarem os débitos à vista. As dívidas parcelas também terão descontos que irão variar de 50% a 85%. Essas condições são para dívidas relacionadas ao recolhimento de ICMS.

As empresas com dívidas sobre o IPVA também terão condições especiais para o pagamento. Será disponibilizado um desconto de 15% no valor do imposto. Além disso, o Estado dará um desconto de 50% nos juros e de 100% nas multas.

As empresas com dívidas no IPVA ainda podem pagar os débitos parcelados em até 24 vezes, sem perda nos descontos. Dessa maneira, o Estado pretende recolher recursos para usar no auxílio emergencial.

Túnel direcionado a bancos é descoberto em Poços de Caldas-MG; Descoberto após ordem de despejo

terça-feira, junho 22, 2021
Foto: Reprodução EGTV

Um túnel com cerca de 40 metros de comprimento foi encontrado em Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, direcionado para duas agências bancárias da cidade, indicando que a escavação poderia ter o objetivo de cometer assaltos aos bancos. O túnel foi cavado de dentro de um imóvel alugado e foi descoberto durante uma ordem de despejo.

A Polícia Militar registrou o boletim de ocorrência nesta segunda-feira, 21 de junho, e nesta terça-feira 22 de junho, o prédio onde ocorreu a escavação foi isolado. Segundo o boletim de ocorrência, o dono do imóvel e uma advogada dele acionaram a Polícia Militar no fim da tarde desta segunda. Eles contaram que após cumprirem uma ordem de despejo, encontraram um cômodo do imóvel muito sujo e observaram ter um túnel escavado no local.

Foto: Reprodução EGTV

A Polícia Militar acionou o Corpo de Bombeiros para verificar o túnel, os bombeiros adentraram o local e disseram que, pela localização, ele parecia seguir para agências do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal. Os bombeiros relataram que a escavação tem cerca de 40 metros e não conseguiram chegar até o fim dela por que em determinado ponto surgiu o risco de desabamento e não havia segurança para prosseguir.

Foto: Reprodução EGTV

Durante vistoria no imóvel os militares encontraram várias micro câmeras de vigilância espalhadas nos cômodos do imóvel. Elas captavam imagens da rua e também de dentro do imóvel. Foram encontradas também várias ferramentas para escavação, colchões, uma geladeira e mantimentos guardados em um armário.
Foto: Reprodução EGTV

O imóvel estava alugado para uma mulher de 44 anos natural de Curitiba. Ela seria proprietária de uma loja de roupas infantis em sua cidade natal. O espaço foi alugado pela mulher pelo valor de R$ 20.000 (vinte e mil reais) mensais, em março de 2020 com vencimento para março deste ano. Em novembro do ano passado, a locatária parou de pagar o aluguel o que motivou a ordem de despejo. Neste segunda, o imóvel foi fechado e, nesta terça-feira, o local foi isolado.

A ocorrência está em andamento e deve ser encaminhada para a Polícia Federal para investigações. Até o momento, ninguém foi preso.

PCMG realiza operação preventiva contra o tráfico em Pouso Alegre-MG

sábado, junho 19, 2021

Na noite desta sexta-feira, dia 18 de junho, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realizou operação preventiva contra tráfico de drogas em bares na região central de Pouso Alegre-MG.





Investigadores da Delegacia Regional de Pouso Alegre estiveram na região da avenida João Beraldo coletando informações e realizando abordagens a possíveis suspeitos no local.

De acordo com denúncias, há um grande consumo de entorpecentes no local. Com a operação, a Delegacia de Entorpecentes apurou informações e fazer reconhecimento da atividade na região.

Prevenção de Acidentes com orientações do 2º Tenente David da PM Rodoviária

sexta-feira, junho 18, 2021

O comandante do 2º Pelotão da 17ª Cia Polícia Militar Rodoviária em Itajubá 2º Ten PM Carlos André David, informa que a Polícia Militar Rodoviária tem sido acionada para atendimento de acidentes em que transeuntes se colocam em risco transitando pela pista de rolamento nas rodovias; mesmo que haja em certos lugares uma ausência de acostamento, percebe-se nos acidentes ocorridos uma desatenção por parte dos usuários;

Só nesta quinta-feira, dia de 17 de junho de 2021, foram dois acidentes.

A Polícia Militar alerta a todos para que evitem transitar pela pista de rolamento, principalmente no período noturno e se necessário que o façam com extrema cautela e se possível ainda utilizem de sinais luminosos como lanterna.

Ressaltasse que constantemente as empresas contratadas do DER executam obras e melhorias nas rodovias de nossa região, sempre buscando uma melhor condição de uso pelos usuários, mesmo assim precisamos fazer nossa parte prevenindo e orientando nossos parentes e amigos.


O Tenente David orienta ainda que "durante o atendimento de ocorrências os militares procuram sinalizar a via com cones, giroflex das viaturas e lanternas, buscando alertar os condutores os quais muitas das vezes mesmo assim não reduzem a velocidade dos veículos".

Reforça ainda que os condutores que tiverem problemas mecânicos e precisem parar devem sinalizar a rodovia com triângulo e até galhos como meios para alertar os demais condutores de veículos e evitar acidentes.

A polícia Militar rodoviária através do 2º Pelotão da 17ª Cia em Itajubá e região está presente e buscando trazer segurança aos usuários e prevenir acidentes.



“Os anjos da guarda dos caminhos de minas”

Lei Seca: Entrevista com Tenente Leite e Sargento Dario do 56º BPM

sexta-feira, junho 18, 2021

Na tarde desta quinta-feira, dia 17 de junho, o Jornal o Aperitivo teve a honra de entrevistar o Tenente Leite e o Sargento Dario, falando um pouco sobre o policiamento na região do 56ºBPM e consequentemente da Lei seca que faz 13 anos dia 19 de junho.


A família do Jornal o Aperitivo parabeniza o trabalho desempenhado por todos os policiais militares e principalmente os que integram o 56º Batalhão da Polícia Militar da região de Itajubá-MG.

Friso que o Jornal tem a honra de fazer essa entrevista, pois é de extrema importância o apoio que é dado para nossos militares.


Lei Seca

A lei 11.705, de 19 de junho de 2008, conhecida popularmente como Lei Seca, alterou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), passando a proibir a condução de veículo automotor, na via pública, estando o condutor com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior a seis decigramas, ou sob a influência de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência. Antes, não havia previsão em lei do teor alcoólico necessário para a caracterização do crime, bastando que o motorista estivesse sob a influência de álcool.

Em dezembro de 2012, foi sancionada a lei 12.760, aprovada pelo Congresso Nacional, com nova alteração no CTB, que estabeleceu tolerância zero ao álcool e reforçou os instrumentos de fiscalização do cumprimento da Lei Seca: provas testemunhais, vídeos e fotografias passaram a ser aceitos como provas de que um motorista dirige sob efeito de álcool.

Quem dirige embriagado pode ser multado em R$ 2.934,70, e o valor dobra se o motorista for flagrado novamente dentro de um ano. O condutor terá seu direito de dirigir suspenso por 12 meses, além de ter o veículo recolhido, caso não se apresente condutor habilitado e em condições de dirigir.

Nota de Pesar: Falecimento de Luiz Vieira Neto

quinta-feira, junho 17, 2021
Na noite desta quinta-feira, dia 17 de junho, o senhor Luiz Vieira Neto, veio a óbito. Filho da Prefeita de Piranguinho-MG, Helena Maria da Silveira, e esposo de Ana Elisa, filha do ex prefeito Amauri Noronha Gomes.


A família do Jornal o Aperitivo comunica o seu pesar aos familiares e amigos de Luiz. Que Deus conforte o coração de todos neste momento de extrema dor.
São os sinceros votos do Jornal.

Polícia Civil indicia homem de 48 anos suspeito de feminicídio em Baependi-MG

quinta-feira, junho 17, 2021
Nesta terça-feria, dia 15 de junho, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu Inquérito Policial que indiciou o suspeito de 48 anos por matar a própria companheira em Baependi, no sul do Estado. De acordo com o inquérito, o suspeito foi indiciado por feminicídio e ocultação de cadáver.

Foto: Polícia Civil

A vítima estava desaparecida desde outubro de 2020. Desde então, a equipe da Delegacia de Baependi investigava as possíveis causas e elementos que levassem ao crime. No dia 23 de abril deste ano, os policiais encontraram os restos mortais que poderiam ser da vítima, após uma denúncia anônima de indícios de uma possível “cova” na zona rural, na estrada entre Baependi e São Tomé das Letras.


Foto: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

Foto: Polícia Civil

As roupas e um pedaço de colchão identificados como sendo da vítima estavam junto com a ossada e o restante do corpo em decomposição. A conclusão dos laudos, nesta terça-feira, confirmou a identidade da vítima de 45 anos.

O suspeito de 48 anos foi preso, preventivamente, quando da conclusão do inquérito em dezembro do ano passado.

Receita Federal e Polícia Militar apreendem mercadorias irregulares em Pouso Alegre-MG.

quinta-feira, junho 17, 2021

Nesta quarta-feira, dia 16 de junho, a 'Operação Oriente', apreendeu cerca de R$ 1 milhão em mercadorias importadas de forma irregular na cidade de Pouso Alegre-MG. Na manhã de hoje, quinta-feira 17 de junho, a Receita Federal e a Polícia Militar apreenderam mercadorias que estavam nos centros de distribuição de plataforma de comércio online e também nos Correios da cidade.

Foto: Polícia Federal

A Receita Federal ainda não informou a quantidade de material apreendido durante a operação. O objetivo da operação é combater a importação irregular de mercadorias. A Polícia Militar utilizou cães de faro para verificar se havia drogas entre as mercadorias.

Segundo a Receita Federal, os produtos de origem estrangeira não estavam acompanhados de nota fiscal, o que configura o crime de descaminho, ou seja, não houve o pagamento do imposto devido pela entrada de mercadoria estrangeira no país. A pena prevista é de reclusão, que pode ser de 1 a 4 anos.

Ainda de acordo com a Receita Federal, os remetentes das mercadorias serão intimados a apresentar os comprovantes de pagamento dos impostos e da origem das mercadorias. Caso não apresentem será dada a pena de perdimento das mercadorias. Os destinatários são avisados sobre a retenção das mercadorias e devem entrar em contato com os vendedores.

"Essas empresas utilizam-se dos Correios e das plataformas de comércio on-line para transportar mercadorias que foram importadas de forma irregular, prejudicando os demais empresários do setor. Essa concorrência desleal prejudica os que pagam seus impostos em dia", afirmou Michel Teodoro Lopes, delegado da Receita Federal em Varginha.

Tecnologia do Blogger.